terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

SAUDADE!

Laços que jamais serão rompidos, nossa história não foi feita ao acaso, nossos caminhos estavam destinados a se cruzar. Embora cada uma de nós transite seu próprio caminho, temos em comum "AQUELE" que nos torna cúmplices, inseparáveis, amigas, irmãs, e a benção maior, termos sido mãe e filha, aconteça o que acontecer sabemos que sempre poderemos contar com sua garra, sua fibra e este amor enorme que sempre tivemos uma pela outra.


Este vínculo tão estreito e confiável que sempre estabelecemos é capaz de desafiar tudo; só não consigo vencer a nossa separação, tive você ao meu lado, sempre juntas, quando por conta da desilusão, foi preciso apagar e começar a escrever um novo capítulo em meu coração, mais uma vez você estava ao meu lado.


Agora as lágrimas insistem em não parar de rolarem, mas você não está mais aqui para consolar-me.
Estou só.


Te Amo Filha, Amiga, Irmã.
Sua eterna Mãe.


Rosângela Bandeira.

2 comentários:

telma cavalcanti. disse...

Querida amiga Rozangela,o meu carinho e força!!
Encontrei essa mensagem, espero que ela te transmita um pouco de Paz!!
Abraço, Telma.

Às Mães que perderam seus Filhos.


Às Mães que perderam seus Filhos.

Vocês, que hoje estão,
Pensativas!
Naqueles que foram gerados ou não!
Mas, de certa forma foram mães!
Gerando ou criando de pequenos,
Inocentes, que aos poucos cresceram,
Com carinho e com Amor,
Por uma Dádiva Divina!
Que “Deus” as confiou.
Tenham certeza que eles,
Esteja, a onde for!
Estão pensando em Vocês,
Alguns, até bem perto as vendo.
Não chorem!
Neste momento.
Um arrepio terá!
É a certeza de que eles,
Mesmo tendo partido,
Seja de que forma for,
Cumpriram a parte deles,
Nesta vida consagrada,
Pela Divindade Suprema.
Por motivos que não sabemos,
Passaram breve, deixando,
Esta imensa saudade!
Transforme este sentimento,
Em sentimento de Amor.
Pense neles com carinho,
Hoje não são mais seus filhos,
São Filhos Do Deus que os criou!
Da mesma forma que nós,
Partiremos sem saber,
A hora ou o momento,
Iremos todos nos ver,
Nos braços do “Nosso Senhor”.


Augusto Rezende
rezendeaugust@hotmail.com

Fe disse...

Tia

Só quem é mãe sabe o que vc esta sentindo agora, saudade,dor medo,perda tudo isso por que? pq um infeliz sem coraçao,morde a mao que o alimenta

Tia estarei com vc sempre tá

Milla estará la de cima te cuidando sempre