quarta-feira, 4 de julho de 2012

31 Anos Depois


video

Hoje faria mais um ano, na terra...
Mais um ano, de mãe, irmão, amigos...
Mas Deus com muito carinho...
Me apresentou a um novo caminho...
Livremente posso vagar...
Por estradas sem errar...
Matéria, não pode mais me limitar...
Ganhei mentores, guias e luz...mas...
Levo comigo a saudade...
Dos amigos que aqui deixo...
Mãe não te abraçar é triste,
Assim como perceber,
Como dói a dor da separação,
Mas, ficarias mãe tão melhor,
Se soubesses, como bem estou,
Quanta beleza, quanto amor,
Ah mãe, e que Jardim...
Sempre mando flores para você e meu irmão, 
sei que as recebem,
Isso mãe, é apenas mais uma prova,
De que não há ponto final,
Existe apenas ponto, parágrafo, e vírgula.
Sempre que a saudade aperta...
Vou lhes visitar...
Mas não posso me demorar...
Ainda tenho muito que estudar...
Mas quando próximo não puder estar
Saiba mãe, que sempre estarei em algum lugar...
Pensando e zelando por vocês...
Se sentires a brisa do vento...
Por você passar...
Serei eu falando de minha saudade...
Se sentires um aroma de jasmim serei eu...
Nas asas de um querubim...
Mandando recado de meu carinho...
Nunca se esqueças, mãe
E tenhas certeza.
Ainda vamos nos reencontrar
E aí mãezinha, vou te ensinar
A Volitar!

Um comentário:

bandrosa disse...

Meu amor,não sei,o que dizer,só consigo,sentir uma saudade,tão grande,que quando as lagrimas me permitem, visualizar o teclado,vejo e revivo,um lindo filme ,com um belo começo,uma verdadeira historia de amor,o maior e verdadeiro amor.Lembro-me da tua chegada,do momento exato,da alegria e da sensação,mais doce e sublime,que só as mães,conseguem sentir.A 31 anos,atrais nesta data, ouviria pela primeira vez sua voz.Entre lagrimas e sorrisos,começava minha segunda,maior vitoria da minha vida.Lembro-me,perfeitamente,de seu primeiro dia de aula,lembro-me também do terror,não só vivido por mim,mais por toda a família,quando aos 3aninhos,você assustou a todos,quando apresentou um quadro de abdome agudo,quando os médicos,colocaram uma sonda nasogástrica,e você chorava rezando:Papai do céu,deixa dodói não,eu sou um anjinho, pequenininho,deixa dodói não.Todos ficaram emocionados,ao ver uma criança,tão pequena,mais com sentimentos e emoções,tão maduros.Deus ouviu,sua oração,pois a cirurgia,que seria,feita de emergência,não foi necessária. Apos,o esvaziamento gástrico,foi encontrada uma atrofia de alça intestinal,que com tratamento,e alimentação,correta,nunca mais deu problema.Milla cada detalhe,cada momento,suas conquistas,durante toda sua vida escolar,os concursos de poesias,ganhos por você,cada vitoria,cada desafio,vencidos por você,sua primeira desilusão e decepção, que por ironia do destino,foi causada,por quem 13anos depois,seria o teu assassino.Teu orgulho,quando entrou para a faculdade de Direito,sua alegria ao conseguir estagio na defensoria Publica,seu aniversario de 15anos,lembro também,do apoio dado por você e teu irmão,quando da passagem de meu pai,quando tudo estava complicado, difícil,e eu entrava em desespero,chegando a perder o controle,por estar só,e ainda com um futuro,sem sentido para mim,você com sua sempre,atitude,realista nunca admitindo, descontroles emocionais ,me trazia de volta a realidade.São tantas lembranças,tantos momentos felizes,tantos sonhos,planos, projetos,que com certeza você realizaria,todos e viveria todos os seus sonhos.Mais,não foi possível,você foi covardemente,tirada de nos,sei que estais,livre,e viva,pois não faria sentido algum se tudo termina-se com a morte do corpo físico.Mais filha ainda doí muito,nunca consegui mentir para você,e não será agora que irei conseguir. Hoje e sempre será seu aniversario,agora,em outro plano,onde um dia nos reencontraremos,e juntas,iremos comemorar,nosso rencontro.Receba grandes abraços, beijos de sua eterna mãe e seu adorado irmão.Até breve meu eterno amor.