segunda-feira, 5 de julho de 2010

CARTA ABERTA

"Ao meu país, a nós pais e mães Brasileiros, que com tanto orgulho passamos e sobrevivemos a ditadura, subimos juntos com o grande estadista Tancredo Neves a rampa do palácio no planalto central, vimos renascer em nossos corações a esperança de um país livre, digno, e de igualdade para todos, mesmo após a partida de Tancredo Neves; anos se passaram e vimos novamente a esperança de um futuro melhor, quando um filho do povo, assim como milhões que depositaram nele todos os seus sonhos. O País melhorou, ano após ano, vemos o crescimento da economia, o aumento do emprego, enfim, o país prospera, mas muitas vezes, paga-se um preço demasiadamente alto por este crescimento.

Agora é com imenso pesar, que me dirijo, a este presidente, o Sr. Luís Inácio Lula da Silva, e ao cidadão Luís, chefe de família, pai; prostrada da maior indignação e dor que uma mãe, Brasileira, lúcida, que sempre lutou por seus princípios e em tudo que acredita, se vê só, desamparada e entregue ao total descaso, entregue a sensação da impunidade.

Senhoras, senhores, pais, mães, cidadãos Brasileiros, vejo-me hoje não só envergonhada, mas também completamente indignada, pois vejo que tudo não passou de ilusão, que o sonho na verdade, é apenas um "cochilo" desta realidade, crua e cruel.

Criei meus dois filhos, dentro dos princípios da honestidade, integridade, auxilio aos necessitados, e fé não somente fé em Deus, pois Deus precisa que estejamos abertos de coração, alma para que ele exerça a sua obra.

Hoje infelizmente, vejo que estes princípios, são ultrapassados em face, ao poder econômico, quanto mais dinheiro você tenha, menos arca com seus atos, esta é a mais pura, e dolorosa verdade.

Temos inúmeros exemplos nos jornais diariamente; que país é esse que um médico que estuda com a finalidade de salvar vidas, responde inúmeros processos por assédio sexual, usando e culpando, segundo seu advogado (ex ministro, e um dos maiores criminalistas do país), o anestésico, como o culpado pelas "alucinações" de suas pacientes, que as bulinações, e humilhações que dezenas e dezenas de mulheres passaram, nada mais é que fruto de suas imaginações. Provavelmente os 300 anos de prisão pedidos pelo Ministério Público, se transformará em no máximo uma suculenta e pompuda fatia de pizza, pois como dito acima, quanto mais você têm, menos você paga.

E o que restará a essa mulheres? mães, filhas e esposas? A vergonha, o descaso e a impunidade...Sentimentos que infelizmente são nossos fiéis companheiros, mãe, e irmão de Camilla Peixoto Bandeira...

Senhor Presidente, e cidadão Luís, e se algumas dessas mulheres assediadas, fossem sua esposa?
E se a menina cheia de vida, trabalhadora, assassinada em seu país, fosse sua filha?

O que o Senhor Presidente e cidadão Luís faria?

Com certeza em ambos os casos, os culpados já estariam presos e punidos...
Mas como não é nosso caso, que não temos o poderio econômico, e nem a máquina do Estado, e tampouco o interesse da grande mídia, continuamos aqui, tendo como como companhia, a dor, a amargura, e o vazio de uma ausência, sem motivos, e até agora sem culpados!"

Obrigado.
Rosângela

3 comentários:

Um Irmão e uma Mãe disse...

Agradecemos, do fundo de nossos, corações, o apoio e dedicação, a minha pequena e grata , familia, ao nosso querido, estimado Padre José Alves Filho, por ter sempre palavras de conforto, ensinando-me, a voltar a viver.Agradeço tambem a nota publicada em nosso Jornal Mensageiro da Serra , que com este gesto de bondade faz com que vejamos, que nossa Paroquia, esta sempre pronta a acolher, acalentar e principalmente, temos um Padre dinamico, um verdadeiro pai que nos socorre seja, em que momento for. Agradeço tambem a todas as pessoas da nossa Paroquia que estão engajadas em nossa luta e dor. Quero sempre lembrar de uma passagem da biblia, que todos os dias me faz acreditar e faz com que eu encare de cabeça erguida e fé no coração. Maria Santíssima deparou com muitos problemas e os solucionou. No céu com certeza, onde tudo é mais perfeito, ela tambem vê os meus problemas e procura uma solução. "Nas horas de aflição, quando recorro a ti, Santa Mãe de Jesus, eu sinto quanto vale ter no céu um coração de mãe, que zela por mim e pelo bem_estar de minha pequena família. Maria Santíssima, tu és Mãe. Tu és a Minha Mae!"

Ellen disse...

Sei que todo esses esforços não traram a minha amiga de volta, mas acredito que não será em vão que ela se foi. Diz o velho ditado:"Deus escreve certo por linhas tortas". Parece até que virou moda namorado assassinar namorada, pois direto está aparecendo notícias como essa e vendo acontecer tão proximo de mim me assusta, mas sei que não posso me amedrontar e acredito que esse terríveis acontecimentos virão à pudificar e criar a ordem e o progresso no Brasil. Nossa lei está desfasada, não está em sintonia com a realidade, se encontra cheia de brexas para que loucos-assassinos permanessam livres e mintam em julgamento sem que nada aconteça. SOCORRO, quantos mais inocentes terão que ser sacrificados???

Anônimo disse...

CORAGEM. TIA ROSÃNGELA, AGORA TEMOS UMA GRANDE MULHER E MÃE, A FRENTE DE NOSSA, GRANDE PÁTRIA E COMO SEMPRE DEMONSTROU, EM TODOS OS SEUS COMICIOS, É UMA GRANDE E HONRADA GUERREIRA, TENHO CERTEZA, QUE NOSSA PRESIDENTE, QUE TAMBEM FOI VÍTIMA DE ATOS DE COVARDIA, NÃO PERMITIRA QUE ESTE CRIME BRUTAL FIQUE SEM CULPADOS. E MAIS TIA ELA NÃO PERMITIRA,QUE A MORTE DE UMA JOVEM, MORTA EM SEU LOCAL DE TRABALHO FIQUE SEM RESPOSTA A TODOS OS BRASILEIROS E BRASILEIRAS. CONFIA TIA RÕ. BEIJOS GABI.